EdgeRank

O Facebook EdgeRank era o outro nome do antigo algoritmo do Facebook.

The Facebook algorithm determines how posts are presented to your potential customers and followers. EdgeRank and the newer algorithms use a multitude of mathematical variables and operations to measure the popularity and potential of the material you create for social media.

De acordo com o Facebook, o algoritmo fornece o conteúdo que os clientes mais desejam ver. Nos últimos anos, isso levou a um foco reduzido no conteúdo promovido e a um maior nível de prioridade dado ao material orgânico no Facebook.

Como o EdgeRank funcionava?

O Edgerank foi projetado por Serkan Piantino para ajudar a organizar as grandes quantidades de material publicado no Facebook todos os dias. Em 2011, o Facebook deixou de utilizar o sistema EdgeRank e começou a utilizar algoritmos de aprendizado de máquina.

A adoção do aprendizado de máquina significa que o novo algoritmo do Facebook é capaz de tornar-se mais inteligente e preciso com o passar do tempo. Em 2013, o algoritmo de aprendizado avaliava mais de 100 mil fatores ao na classificação do conteúdo. Desde então, o nível de dados que vai para o algoritmo do Facebook continuou a crescer.

A fórmula do EdgeRank utilizava três fatores principais para organizar o material no feed do Facebook:

O que aconteceu com o EdgeRank?

Edgerank was replaced by the machine learning algorithm that Facebook uses today, to ensure that the social channel could deliver the highest quality of content for users. In 2018, Facebook announced that it would be pushing back against branded content and giving audiences more of the authentic, valuable posts they were looking for on the channel.

Despite this, Facebook continues to deliver one of the best ROIs for social media marketers, thanks to the size of the network’s user base.

O algoritmo mais recente é muito semelhante ao Edgerank, pois ainda considera a “afinidade” entre as pessoas ao determinar onde o conteúdo deve ser classificado. O novo algoritmo valoriza também a interação verdadeira. Isso significa que as empresas podem alcançar um nível de atenção mais considerável on-line, incentivando as pessoas a curtirem e comentarem seus posts.

Sempre que o algoritmo é atualizado, isso indica que as empresas no Facebook precisam criar novos planos para interagirem com os seguidores online. No caso da atualização mais recente, algumas dicas importantes são: