Você reparou que as interações no Facebook estão indo por água abaixo ultimamente?

Não há motivo para entrar em pânico.

Embora as últimas alterações do algoritmo do Facebook tenham deixado muitos profissionais de marketing suando, a atualização não é tão assustadora quanto parece.

Quer um resumo? O Facebook está pedindo que as marcas repensem como elas ganham curtidas, comentários e compartilhamentos em seus posts.

Por exemplo, o Facebook está lutando explicitamente contra iscas de interações e contra as táticas de spam, que são vistas como uma forma de burlar o algoritmo deles.

Facebook now actively discourages posts which basically beg for engagement

A lição é que aquilo que funcionou maravilhosamente para as marcas no passado pode não dar certo atualmente.

E é exatamente por isso que as marcas precisam de uma estratégia explícita de interações no Facebook se ainda querem ter aquele belo alcance orgânico.

Você também não precisa abandonar a sua página atual no Facebook ou recomeçar do zero. Em vez disso, você só precisa considerar maneiras de configurar seus posts para obter mais interações. A seguir, nós descrevemos 10 estratégias para fazer isso.

Vamos ver como aumentar as interações no Facebook:

1. Use o Momento perfeito

Quanto mais interações houver em um post, mais chances haverá de o algoritmo do Facebook recompensá-lo com alcance.

Isso pode parecer um retrocesso, mas ressalta a importância de encontrar o momento perfeito para seus posts.

Ao publicar no momento em que seus seguidores estão mais ativos, você aumenta instantaneamente a probabilidade de receber curtidas e comentários.

E, sim, há dados sobre os melhores horários para publicar nas redes sociais que podem indicar como deve ser o calendário dos seus posts.

O essencial é não publicar aleatoriamente e esperar interações. Com a ajuda da tabela a seguir e de uma análise dos seus posts passados, você pode chegar a um agendamento que faz sentido.

Maximizing Facebook engagement means timing your posts to perfection

Recomendamos o uso de uma ferramenta de agendamento do Facebook para planejar os dias ou semanas do calendário das suas redes sociais com antecedência. Ela impede que você esqueça de publicar e oferece a flexibilidade de testar diferentes horários de publicação.

sprout social monthly calendar view

2. Concentre-se em conteúdos voltados para os fãs

Muitas marcas cometem o erro de se limitarem em relação a seu conteúdo.

Digamos que você tem uma página no Facebook para a sua loja de sanduíches. Será que você deve publicar conteúdos relacionados exclusivamente a sanduíches?

É claro que não.

Para começar, há um limite sobre o que pode realmente ser dito diariamente sobre a sua marca ou seu produto. Assim que seu conteúdo começar a parecer repetitivo ou ultrapassado, o seu público deixará de prestar atenção.

Pense nisso: o seu conteúdo do Facebook não é apenas sobre você. É sobre seus fãs. Eles podem gostar de você, mas isso não significa que eles querem ouvir falar de você o dia inteiro. No momento em que você implementar essa ideia na sua estratégia, aumentar as interações no Facebook se torna muito mais realista.

E se você está com dificuldades para encontrar ideias para conteúdos originais, comece pensando nas seguintes perguntas.

Existe algum evento relevante do mundo real para usar como carona?

Inspirar-se na cultura pop e em eventos atuais é uma jogada inteligente se for bem-feita. Veja como o Hubspot lançou um vídeo incrível sobre a estratégia de marketing da Marvel para coincidir com a estreia do filme Vingadores: Guerra Infinita.

Descobriu fatos ou estatísticas fascinantes relacionados a seus fãs ultimamente?

Infográficos e estatísticas chocantes são ótimas para discussões e debates, que são partes importantes das interações no Facebook. A atividade nas seções de comentários favorece o algoritmo atualizado.

Você fez seus fãs rirem ultimamente?

É inegável que o Facebook se tornou um centro para memes e conteúdo de humor. Embora o humor possa não combinar perfeitamente com todas as marcas, conteúdos engraçados geralmente se saem bem e são uma maneira alegre de diversificar seus posts.

É tentador falar apenas de você mesmo, mas isso não vai estimular muitas interações. Tente seguir a regra de ouro da curadoria de conteúdo que afirma que apenas 20% do que você posta deve ser autopromocional.

Além disso, deixar o seu feed repleto de uma variedade de conteúdo sempre deixará seus seguidores ansiosos pelo que virá.

Ah, e se você quer ter acesso instantâneo a conteúdos novos do gosto do seu público, ferramentas como as sugestões de conteúdo do Sprout podem fazer a busca por você.

If you're struggling for content ideas, consider how Sprout can make suggestions for you

3. Analise seus posts mais populares

Às vezes a chave para aumentar as interações no Facebook é olhar para si mesmo.

Digamos que você tenha um post que se saia muito bem. Milhares de curtidas e compartilhamentos e muito amor na seção de comentários.

Em vez de tratar esse post como uma anomalia, você deveria tomar medidas para recriar essa mesma mágica social novamente.

Talvez tenha sido um meme inesperado. Talvez tenha sido um estudo de caso épico.

De qualquer forma, você deve conhecer bem seus conteúdos que se saem melhor em vez de ficar brincando de adivinhar. Novamente, a atividade dos seus fãs é a chave para compreender o que publicar.

Para detalhar melhor essa atividade, dê uma boa olhada na sua analítica do Facebook para ver em primeira mão o que está tendo mais alcance. A resposta pode ser bastante surpreendente.

Facebook Sent Message Report

4. Melhore suas fotos

Conteúdo visual é um arraso total no Facebook – simples assim.

As fotos representam a esmagadora maioria de conteúdo na plataforma, o que mostra que as pessoas preferem interagir com um elemento visual do que com um link ou bloco de texto. Então, se você quer melhorar as interações no Facebook, use elementos visuais.

No entanto, o tipo de imagens que você publica faz uma enorme diferença em termos de desempenho.

Muitas empresas em ascensão cometem o erro de depender de fotos de arquivos ou imagens retiradas de outros lugares em vez de criar seu próprio conteúdo.

Em vez disso, as marcas deveriam tentar mostrar a personalidade por trás da empresa. Há um motivo para as fotos das equipes “agindo naturalmente” de empresas grandes serem tão populares, assim como histórias de funcionários.

Afinal, é a rede social, não a rede de fotos de arquivos.

Além disso, lembre-se de que as imagens podem ser ferramentas poderosas para incentivar quem só fica passando pelo feed a parar e olhar os seus posts. Imagens com cores chamativas e paisagens deslumbrantes geralmente se saem bem, como já confirmado por marcas como a GoPro, que dá um show com os conteúdos de suas fotos.

5. Dê prioridade a comentários e respostas

Melhorar as interações com a sua página do Facebook não é algo simples.

Se alguém dedica um tempo para comentar no seu conteúdo, você deveria retribuir o favor.

A maioria das pessoas querem interagir com as marcas, e é por isso que tantas empresas que respondem aos comentários obtêm mais interações.

A propósito: as respostas se tornaram uma expectativa no espaço social de hoje em dia. Considerando que as pessoas esperam uma resposta nas redes sociais dentro de quatro horas após os comentários, respostas pontuais fazem toda a diferença.

Replying to comments on your post it not only a way to signal engagement to Facebook, but also keep your fans happy

Senão, dedicar o tempo para responder aos fãs pelo menos demonstra que você está escutando. Isso é bom da perspectiva da marca e também incentiva mais interações entre os fãs no futuro.

Se você não tem tempo de responder cada uma das mensagens recebidas, pode criar um Chatbot para Facebook para fazer isso por você!

6. Personalize o conteúdo do seu site para o Facebook

Curtidas, compartilhamentos e comentários não são apenas métricas fúteis. Esses elementos de interação funcionam como pontos de dados valiosos para o tipo de conteúdo que as pessoas realmente querem ver.

É por isso que você deve reproduzir o que está tendo um bom desempenho no Facebook no seu próprio conteúdo local.

Afinal, o blog da sua empresa tem muito mais a oferecer do que SEO. É claro que você deve estar receoso com os constantes artigos em forma de listas e coisas que beiram o caça-cliques no Facebook, mas as métricas não mentem.

Conferindo os posts mais populares de 2017 nas redes sociais conforme destacado pelo Buzzsumo, aqui estão algumas descobertas sobre o tipo de conteúdo que não falha em fazer as pessoas clicarem:

  • Histórias emocionantes
  • Testes
  • Estatísticas chocantes ou surpreendentes
  • Guias com instruções e conteúdo de apoio
  • Artigos de opinião com opiniões ousadas
Quizzes and debate-worthy content typically perform well on Facebook

No entanto, personalizar o conteúdo do seu blog para o Facebook não significa comprometer a qualidade ou recorrer a um caça-cliques.

É a apresentação que importa.

Títulos que deixam as pessoas interessadas. Preparar seus leitores para uma piada. Elaborando seus posts dessa maneira, você automaticamente ganha mais interações com eles no Facebook.

7. Ligue seus posts a uma CTA

Conforme apontado, o Facebook está tentando afastar as marcas dos posts com excesso de “MARQUE SEUS AMIGOS!” ou “CURTA SE VOCÊ…”.

Dito isso, incluir uma chamada para ação em seus posts é totalmente justo. Fazer isso oferece a seus fãs uma voz e os lembra de que eles querem ouvir o que você tem a dizer.

Uma maneira rápida e fácil de fazer isso é simplesmente incluir uma pergunta em seus posts. Você também pode considerar elaborar uma série de conteúdos para saber a opinião de seus seguidores.

Não há problema nenhum em encorajar comentários, debates e discussões. Só não implore por eles.

8. Carregue conteúdos de vídeo diretamente no Facebook

O Facebook não esconde o quanto eles adoram conteúdos de vídeo em sua plataforma.

Como parte da atualização recente do algoritmo, o Facebook aponta explicitamente o quanto um vídeo nativo se sai bem. Eles encorajam as marcas a publicar vídeos para estimular discussões entre seus seguidores.

Isso significa que simplesmente copiar e colar um link do seu novo vídeo do YouTube para fazer um post não vai dar certo.

Em vez disso, as marcas devem carregar diretamente na plataforma do Facebook, se possível. Não importa se é uma animação, um comercial ou uma passada no Facebook Live, carregar conteúdos de vídeo regularmente no Facebook é uma estratégia inteligente suportada pela própria plataforma.

9. Encurte os posts

Na dúvida, seja o mais breve possível em seus posts.

Lembre-se: há uma boa chance de você estar lidando com usuários de celulares e pessoas que adoram ficar rolando a página. Tratar seus posts como uma novela cria mais oportunidades para os leitores perderem o interesse e consequentemente perderem a sua CTA.

Considere os seguintes tipos de posts curtos que vemos a todo momento, como:

  • Perguntas rápidas aos seguidores
  • Citações ou estatísticas de um artigo que demandam um clique para se obter mais contexto
  • Declarações sagazes ou espirituosas unidas a uma imagem

Mas falando sério. Você só precisa de uma frase para chamar a atenção de uma pessoa e conquistar esse clique.

Tudo isso serve como um lembrete de que interações bem-sucedidas no Facebook não precisam ser complicadas.

10. Aproveite seus maiores promotores

Quando o Facebook anunciou que iria mostrar menos posts de marcas aos usuários, os profissionais de marketing ficaram compreensivelmente chateados. Um alcance orgânico menor significa que as marcas provavelmente precisarão gastar mais dinheiro nos Anúncios do Facebook para fazer seu conteúdo chegar a seu público-alvo.

Mas há uma maneira de evitar isso — advocacy de funcionários.

Em vez de depender apenas da página da sua marca para compartilhar o seu novo conteúdo, por que não pedir a seus funcionários para fazer o trabalho pesado?

Use uma ferramenta de advocacy de funcionários como o Bambu (feito pela equipe do Sprout!) para selecionar seus últimos artigos, vídeos e outros conteúdos por eles. Em seguida, tudo que eles precisam fazer é entrar no seu painel e poderão compartilhar o conteúdo na sua página pessoal do Facebook.

bambu content curation

Por meio do Bambu, você pode até adicionar textos sugeridos para a sua equipe usar em seus posts do Facebook, o que torna muito mais simples para eles encontrarem o conteúdo que desejam compartilhar e publicar. Ainda por cima, eles também podem compartilhar no Twitter e no LinkedIn.

A melhor parte é que os funcionários estão prontos e dispostos a compartilhar o seu conteúdo. Estima-se que 70% das pessoas usam redes sociais no trabalho. Entretanto, 52% dos funcionários sentem que suas equipes de marketing não facilitam advocacy da empresa nas redes sociais por eles.

percentage of people whos company makes it easy to advocate for their brand

Os benefícios do advocacy vão além de apenas ter um maior alcance de pessoas. É claro que receber impressões é legal, mas o que você realmente quer é que as pessoas leiam os artigos e interajam.

E adivinhe só!

É 16 vezes mais provável que as pessoas leiam um post de um amigo (ou seja, seus funcionários) do que de uma marca.

people are 16x more likely to read a post from a friend than from a brand

Resumindo, se você não está usando o advocacy de funcionários, está perdendo uma maneira fácil de obter mais interações no Facebook. Se tem interesse em saber mais, veja o Bambu em ação aqui.

Você tem uma estratégia de interações para o Facebook?

No fim das contas, o que mais importa é simplesmente ter algum tipo de estratégia de interações para o Facebook. Fim.

Se você olhar as maiores marcas no Facebook, perceberá que elas estão constantemente publicando e interagindo com os seguidores. Já as páginas mortas são as que simplesmente reproduzem seu próprio conteúdo e não se esforçam para, bem, interagir.

As boas notícias? Você pode começar a implementar essas dicas na sua estratégia para o Facebook assim que possível, sem levantar um dedo.

Mas queremos saber sua opinião. O que você vê as melhores marcas no Facebook fazendo para ganhar comentários e compartilhamentos? Compartilhe conosco nos comentários abaixo!