Então você não tem uma equipe de marketing com títulos extravagantes como “gerente de marketing de conteúdo” ou “analista de mídia social”. Isso não significa que você não pode dominar o Facebook para pequenas empresas.

Você sabia que há 1,04 bilhão de usuários diariamente no Facebook?

São usuários ativos diariamente. Imagine pegar uma parte disso. Os números impressionam. Se você não está aproveitando esta poderosa rede, não sabe o que está perdendo. Mas e se você estiver completamente confuso sobre como trabalhar com o marketing e se envolver com esses usuários sendo um pequeno empresário?

Usando o Facebook para sua pequena empresa

Sua abordagem para o Facebook será um pouco diferente da abordagem de uma agência. Mas, acredite ou não, você tem uma vantagem por desenvolver relações pessoais.

Ao interagir em uma escala menor, você pode se conectar com seu público menor em um nível mais pessoal. É exatamente isso que os usuários do Facebook desejam.

Como começar?

O Facebook para pequenas empresas deve abordar vários aspectos das suas equipes de marketing, redes sociais e de conteúdo. Mesmo que muitos comerciantes acreditem que o Facebook seja ineficaz, há maneiras de usá-lo com sucesso para que você realmente tenha um retorno sobre seu investimento.

Não se prenda à sua rede social. Pelo contrário, tente usar estas 10 dicas para desenvolver e gerenciar o seu Facebook com maestria:

1. Maximize o poder do branding

Primeiramente, é preciso ter certeza de que sua página está pronta para ser vista. Você está maximizando o poder do branding da Fan Page do Facebook?

Estas são as áreas de foco:

  • Imagem do perfil
  • Foto da capa
  • Informação
  • Chamada para ação
  • Vídeo de apresentação

Use o espaço oferecido para o seu perfil e a foto de capa para mostrar a personalidade da sua marca. Escreva um parágrafo curto e atraente em “Informação” para descrever seu negócio.

O que você quer que as pessoas façam quando visitarem sua página? Esta é a sua chamada para ação. E, embora um vídeo não seja um elemento essencial, este tipo de conteúdo é um ótimo complemento para quem prefere assistir a ler sobre o que você faz.

Precisa de inspiração para suas fotos de capa? Estamos em uma época em que o stalking não é vergonha nenhuma. Apresentamos alguns exemplos de negócios no Facebook que fazem excelente uso do espaço da foto de capa:

Marcas e produtos completamente diferentes, mas todos essas capas funcionam. E funcionam porque é possível ter uma noção da marca, antes de qualquer tipo de análise adicional.

Começando do zero uma Página de empresa no Facebook? Confira nosso Guia para Páginas de Facebook.

2. Defina seu público-alvo

Você não pode alcançar seu público-alvo se não souber quem ele é. Essa é uma etapa essencial e irá ajudá-lo a desenvolver o tom adequado para sua publicação no Facebook. Talvez você já tenha feito esse trabalho quando iniciou o seu negócio criando um perfil de cliente ideal.

Use essas informações quando estiver criando conteúdo para o Facebook. Seu negócio precisa de consistência desde o seu local físico, se você tiver um, até o seu site e perfis em redes sociais.

Fale, aja e pense como se fosse seu público-alvo. Pense com a mente dele, passeie por onde ele passeia, preocupe-se com o que ele se preocupa. Se clicar em “Pessoas”, abaixo das informações da sua página no Facebook, você verá se sua página está atingindo o seu mercado desejado.

3. Seja inteligente com o engajamento gratuito

Quando seu branding for otimizado e sua página estiver pronta, é hora de começar a compartilhar posts no seu feed. Quem não gosta de marketing gratuito?

Aqui é onde vamos explorar os diferentes tipos de posts envolventes que você deve tentar. É necessário equilibrar diferentes tipos de conteúdo para atrair usuários diferentes e manter o seu feed interessante:

  • Perguntas
  • Estatísticas
  • Concursos
  • Bastidores
  • Fotos
  • Vídeos
  • Preencha a lacuna
  • Tutoriais
  • Demonstração de produto

Junto com o compartilhamento de seus produtos, serviços e conteúdos, um divertido vídeo com os bastidores pode destacar-se e chamar a atenção do seu público. Neil Patel fez isso em uma publicação recente. Uma ótima foto com uma legenda bem humorada:

Sua publicação gerou mais de 980 reações e mais de 50 comentários sobre um simples, mas divertido post no Facebook.

Outra ótima maneira de engajar o seu público é deixá-lo se engajar na criação de seus produtos e serviços. A Burger Revolution faz isso, permitindo que seus seguidores batizem o Hambúrguer do Mês.

4. Verifique analíticas

Após colocar alguns posts no ar é hora de ver como eles estão se saindo. Para isso verifique a aba “Informações” do seu gerenciador de página. Nas Informações do Facebook, você pode visualizar suas mensagens recentes e visualizar seu alcance e engajamento. Usando essas informações você pode decidir qual tipo de publicação funciona melhor para você nesta plataforma.

Fica ainda mais fácil e útil se você usar as ferramentas de estatísticas do Facebook. Lembre-se de que o engajamento é o fator-chave. Se você tem muitos seguidores, mas eles não interagem com o seu conteúdo, pode ser hora de repensar sua estratégia.

5.Experimente a promoção paga

Não é necessário gastar muito do seu orçamento de marketing para aumentar o seu alcance no Facebook. São diversas as maneiras nas quais você pode usar promoção paga. Se perceber que uma determinada publicação está indo bem, você pode impulsioná-la a partir de apenas US$ 20.

Ao impulsionar uma publicação, você pode se ater à Localização, Interesses, Idade e Sexo para garantir que está atingindo um público que se interessará pelo seu negócio.

Facebook vai mesmo ajudá-lo a desenvolver anúncios específicos para atender aos seus objetivos de negócio. Você também pode usar a promoção paga para compartilhar sua Fan Page com um público mais amplo, promover o seu negócio local e seu site.

6. Agende seu horário

Parte do sucesso em qualquer rede social envolve ser organizado e ter um cronograma. Publicações espontâneas são boas e até bem-vindas às vezes, mas não completam seu plano de marketing. Crie um calendário de agendamento para suas publicações no Facebook e cumpra-o.

Caso contrário, você vai acabar descobrindo que isso não está sendo feito. Ao implementar um cronograma de publicações consistente, os fãs vão saber o que esperar. Também vão vê-lo como alguém profissional e organizado.

Se você se importa, o público vai começar a se importar também. Quer opte por agendar as publicações diretamente pelo Facebook, quer por um gerenciador de conteúdo como o Sprout social, seja consistente.

7. Interaja e responda

Você tem um negócio para administrar e não têm tempo para ficar no Facebook 24 horas por dia. Dá para entender, mas não dá para publicar e sumir sempre. O Facebook é uma rede social, então você precisa se socializar para o bem da sua marca. Quando receber comentários em um post, responda o máximo que você puder. Quando as mensagens chegarem, seja rápido na hora de responder.

O Facebook é o lugar para ser útil e definir-se como um especialista. Interagindo regularmente com sua base de clientes, respondendo perguntas e prestando suporte, você desenvolverá uma comunidade de fãs fiéis. Se concluir a etapa 6 e criar um cronograma, será mais fácil separar tempo para interagir.

8. Seja verdadeiro

Começamos este post falando sobre a vantagem de se relacionar no âmbito pessoal. Não se esqueça disso em sua jornada pelo Facebook. O motivo de imagens e vídeos de bastidores serem tão populares é que eles mostram o elemento humano de uma marca. Nesta era digital, as pessoas já não se relacionam com o que é frio e distante. As pessoas querem algo verdadeiro.

No processo de desenvolvimento de conteúdo para o Facebook, observe se você está humanizando o seu pequeno negócio. A Salvage One, loja de antiguidades, escreve legendas reais que demonstram que, no que se refere aos seus produtos, eles estão tão empolgados quanto os seus clientes.

Facebook é um investimento de desenvolvimento de comunidade e de longo prazo. Pode levar algum tempo até ter uma base de fãs que confia e acredita em você. Dê às pessoas a chance de conhecê-lo melhor.

9. Reavalie sua estratégia para o Facebook

Após se dedicar a isso por um tempo, use todas as ferramentas que tiver disponível para descobrir o que está funcionando e o que não está. Use suas informações, intuição e até o seu gerenciador de conteúdo para descobrir o que deu certo. Você pode até pedir a opinião do seu público. Observe se o seu marketing para Facebook está funcionando para você e seus fãs.

Seu conteúdo é consistente? Você está recebendo engajamento? Como é o feedback do seu público? O que dá para melhorar? Como pequeno empresário, você pode estar muito perto de obter uma visão imparcial. É por isso que as analíticas e feedback dos clientes podem ser tão úteis. Seja corajoso e realmente avalie os dados.

Você só conseguirá melhorar se enfrentar o que realmente estiver acontecendo.

10. Pronto para crescer

Você colocou as dicas em prática, definiu seu branding e tom, sabe o que está funcionando e o que não está e analisou devidamente o seu conteúdo para o Facebook. Mas, e agora?

É hora de crescer. E, de agora em diante, só vai melhorar. Orgulhe-se por toda a sua dedicação e compartilhe sua página. Adicione-a ao seu site e cartões de visita. Divulgue-a em suas outras redes sociais. Compartilhe com amigos, família e colegas. Não tenha medo de dar um passo adiante nos seus esforços para o Facebook.

Esperamos que as ótimas dicas desta publicação lhe ajudem, mas agora é a sua vez de mergulhar nesta poderosa rede. Marque sua página, envolva o seu público, analise suas ideias e cresça!