Você é responsável pelo marketing em redes sociais de sua empresa? Usá-las para fazer o negócio crescer, gerar leads e criar uma marca pode parecer um desafio, e de alguma forma é. Mas há passos que você pode seguir para melhorar suas chances de sucesso, e elas o ajudam a tirar proveito de tudo o que as redes sociais têm para oferecer.

Se você está apenas começando ou já atua há algum tempo em sites como Facebook ou Twitter, mas não teve muito sucesso, siga as 21 dicas de marketing em redes sociais a seguir para chegar ao próximo nível:

1. Crie um planejamento para cada canal de rede social

Se você não faz um planejamento, seu plano falha. Muitos negócios cometem o erro de se jogar cegamente no marketing em redes sociais sem uma estratégia ou plano.

Se você não consegue responder perguntas como “Por que está nas redes sociais?” ou “Em que plataforma das redes sociais está seu público-alvo?”, é hora de clicar no botão “reset”. Comece por fazer um planejamento por escrito que você e sua equipe podem consultar quando necessário.

O planejamento deve consistir em miniplanejamentos para cada canal de rede social onde você pretende estar ativo. Você precisa fazer um planejamento para o Twitter, outro para o Facebook, e assim por diante.

Se está começando, mantenha-se ativo em até três sites de redes sociais. Para a maioria dos negócios, especialmente os pequenos, “se jogar” em cinco redes sociais diferentes normalmente resulta em um trabalho mediano com poucos resultados.

Não sabe ao certo por onde começar? Veja nosso guia gratuito, 7 Passos para criar uma estratégia de marketing em redes sociais bem-sucedida.

2. Faça postagens constantemente

Tuitar uma vez por dia não é o suficiente. Algumas plataformas como Instagram e Snapchat não necessariamente se movem tão rápido quanto Twitter ou Facebook. Isso significa que você não precisa publicar frequentemente. Mas, ainda assim, precisa desenvolver um cronograma de postagens habitual e ser consistente.

Isso se conecta ao planejamento de marketing em redes sociais. Você deve destacar:

  • Com qual frequência você pretende publicar em cada canal de redes sociais?
  • Que tipo de conteúdo você pretende publicar?
  • Cronograma de publicação para difusão em redes sociais (Para alcançar figuras de influência através das redes sociais)

Lembre-se de que seus seguidores provavelmente seguem milhares de outras pessoas. Se você não publicar conteúdo novo com a mesma frequência que outras contas, é fácil ficar perdido e ser esquecido.

calendario

3. Seja exigente em relação ao que compartilha.

Quando se trata de escolher o que compartilhar, a qualidade ganha da quantidade. Você deve publicar frequentemente, mas o conteúdo deve ser significativo. O conteúdo de qualidade é:

  • Relevante para seu público
  • Útil
  • Interessante

Uma tendência atualmente popular, com a qual você deve ser cauteloso, é confiar nas ferramentas que “sugerem” conteúdo a ser compartilhado com seu público. Algumas vezes, as sugestões são boas, mas, na maioria dos casos, não são exatamente relevantes ou de boa qualidade.

Essas ferramentas se baseiam em palavras-chave ou feeds de dados. Por exemplo, se você está pesquisando por conteúdo relacionado a “marketing de conteúdo”, seus resultados podem incluir o seguinte:

Unrelated Suggested Content

Se não dedicar tempo para verificar as sugestões e simplesmente adicionar as postagens, você vai acabar compartilhando conteúdo que não é útil para o seu público. Empenhe-se em compartilhar o melhor conteúdo, não aquilo que está facilmente disponível.

Uma maneira de obter fornecimento constante de conteúdo atualizado é criar uma lista de sites em seu setor ou nicho de mercado que sejam conhecidos por conteúdo de alta qualidade. Adicone-os a um RSS Reader como o Feedly. Você terá um painel cheio de postagens atualizadas de sites que confia e sabe que possui conteúdo relevante, o qual pode seguramente compartilhar com seus seguidores.

Você pode incorporar o Feedly no Painel do Sprout Social!

painel do sprout

4. Use a ferramenta de gerenciamento de redes sociais

Se você estiver usando as plataformas de publicação para Facebook, Twitter e LinkedIn, você está perdendo tempo e sendo menos produtivo. Ferramentas de gerenciamento de redes sociais como Sprout Social ajudam a:

  • Publicar conteúdo em diferentes plataformas
  • Programar postagens
  • Colaborar com sua equipe
  • Ver os feeds de suas redes sociais em um único painel, ao invés de, por exemplo, ter que entrar em cinco diferentes sites
  • Monitorar e medir seus resultados

Há vários outros benefícios em se usar um painel de redes sociais, mas os exemplos acima são mais do que suficientes como ilustração. O usuário comum pode querer continuar gerenciando as redes sociais pelo telefone, mas como negócio, você precisa usar uma ferramenta que lhe permite ser mais eficiente e estratégico.

demo of sprout smart inbox

5. Publique mais imagens

Os resultados estão aí e as fotos provaram ser o tipo mais popular de conteúdo de redes sociais para engajamento. É o que mais se compartilha no Facebook.

Facebook Image Posts

E o que mais se retuíta no Twitter.

Twitter Photo Retweets

O exemplo mais evidente do poder das imagens nas redes sociais são sites como o Instagram e o Pinterest, que são impulsionados por imagens. De fato, o Instagram é o canal de maior engajamento de todas as redes sociais. Não por coincidência, esses os canais ganharam força e são mais bem sucedidos que outras redes sociais que falharam.

Adicionar imagens a suas postagens nunca foi tão fácil. Ferramentas como Canva e Landscape permitem que você crie imagens no tamanho exato para a maioria das redes. Você também pode usar imagens para eventos futuros, fazer fotos da empresa e elaborar outras imagens criativas para usar em postagens de forma a tirar o melhor proveito visual de seu conteúdo.

Não se esqueça de adicionar Cartões do Twitter a seu site para anexar imagens a seus tuítes. Assim, eles destacam-se no fluxo de seus seguidores.

6. Teste A/B

Muitos profissionais de marketing tiram proveito desta dica, mas poucas pequenas empresas sabem disso. Os testes A/B, ou teste em janelas separadas, utilizam diversos títulos para o mesmo conteúdo para descobrir qual deles obtém a melhor resposta. Os profissionais de marketing usam muito o teste A/B em páginas iniciais e de venda, mas você pode usá-los em suas postagens.

Ao invés de publicar um conteúdo uma vez apenas e depois esquecer dele, programe um link para ser compartilhado diversas vezes e mude o título a cada publicação.

O teste A/B é importante porque as pessoas reagem de diferentes formas a uma postagem, dependendo da cópia. Em nossa postagem, Frases de chamada para ação que convertem, analisamos a psicologia por trás das palavras e como as interpretamos.

A razão pela qual um determinado conteúdo não é bem-sucedido pode ser pela má qualidade do mesmo, mas também porque o título na postagem no Twitter, Pinterest ou Facebook não chamou a atenção dos seguidores.

Utilize o recurso de planejamento de postagens do Sprout Social para programar suas postagens para serem compartilhadas durante a semana testando diferentes títulos. Depois verifique qual teve o melhor engajamento.

scheduled Tweets

7. Medir & analisar

Para seguir a dica de marketing em redes sociais anterior, você precisa medir os esforços e analisar os resultados. Mais de 40% das empresas não monitora o retorno sobre o investimento das redes sociais, por isso, essas empresas não têm a menor ideia se o que estão fazendo está funcionando. Se não deseja ser parte disso, comece já a monitorar sua atividade nas redes sociais.

Algumas das métricas que você deve analisar são:

  • Alcance e engajamento no Facebook
  • Impressões, visitas e menções no Twitter
  • Visualizações e ações no Google+
  • Impressões, cliques e interações no LinkedIn
  • Impressões e engajamento no Pinterest
  • Curtidas, comentários e menções no Instagram

Estas métricas devem ser monitoradas a cada semana, mês e trimestre para que você saiba quando e se precisa fazer alterações em sua estratégia em redes sociais.

8. Não tenha medo de pagar para participar

Facebook e outras redes sociais continuam a reduzir significantemente a quantidade de visibilidade orgânica nas postagens, o que faz com que as empresas recorram ao pagamento de publicidade para passarem suas mensagens. Seja estimulando ou promovendo um tuíte, a publicidade nas redes sociais é uma forma bastante comum à medida em que essas plataformas começam a crescer.

Se você deseja acelerar os esforços de marketing e possui um orçamento para tal, tentar a publicidade paga pode ser válido. Os custos são geralmente mais baixos do que em outras plataformas, como o Google AdWords, ou do que adquirir espaço publicitário, o que torna esse tipo de publicidade atraente para pequenas empresas e start-ups.

Além disso, existem boas opções de segmentação, como as preferências do usuário e dados demográficos detalhados. Se você é novo na publicidade paga nas redes sociais, aqui vai um ótimo kit inicial com alguns conceitos básicos.

Facebook ads

9. Participe de comunidades

Há pequenas comunidades formadas nas grandes redes sociais. Sejam os grupos no Facebook, chats no Twitter, comunidades no Google+ ou grupos no LinkedIn, há inúmeras oportunidades para se conectar com pessoas e empresas com os mesmos interesses em seu nicho de mercado.

google plus communities

Participar dessas comunidades ajuda você ou sua empresa a se estabelecer como uma autoridade. Utilize as comunidades como uma oportunidade de compartilhar seu conhecimento e interagir com as figuras de influência. À medida em que se conecta com essas pessoas, elas começarão a compartilhar o seu conteúdo com os seguidores nas redes sociais e mesmo nos sites.

Procure comunidades relacionadas a seu setor nas redes sociais onde está ativo e comece a participar ativamente. Tente começar com grupos no Facebook ou chats no Twitter pois são, em geral, os mais ativos, mas isso pode variar.

Se é novo no mundo dos chats do Twitter, participe de nosso próximo #SproutChat para ver como funciona!

10. Construa uma comunidade

E se não houver comunidades em seu setor, ou e se não forem ativas? Esse é, então, o momento ideal para ser proativo e criar uma.

Considerando que seu setor possui um número razoável de pessoas ativas nos canais de redes sociais, comece a procurar por pessoas ou informá-las que você criou um grupo no Facebook, um chat no Twitter ou um grupo no LinkedIn e que gostaria de convidá-las a participar.

Algumas ideias para grupos:

  • Um pequeno grupo empresarial em sua cidade.
  • Grupos de pessoas de seu setor.
  • Grupos com outras empresas relacionadas a seu setor. Por exemplo, corretores imobiliários, financeiros ou empresas de construção.

Muitas vezes, há um desejo por grupos, mas ninguém pensou na ideia ou simplesmente ninguém se esforça para se reunir. Você pode ser o pioneiro e liderar o grupo.

11. Interaja

As dicas de marketing em redes sociais podem ser um divisor de águas. Não seja dessas empresas que compartilham links o dia inteiro. O objetivo das redes sociais é ser social e interagir com outros usuários. Isso significa interagir regularmente.

Observe algumas de suas últimas postagens. Quantas delas incluem @menções a outras pessoas? Quantas dessas interações são respostas a outras postagens? Se você curte várias empresas, a resposta é provavelmente “não muitas”. Provavelmente seu fluxo é cheio de postagens veiculadas (um título/mensagem com um link para um artigo ou somente texto).

Você viu que repetimos continuamente a dica de interagir com o público. Mas o que isso significa de verdade?

  • Responder às postagens das outras pessoas mesmo se não há uma @menção a você
  • Retuitar
  • Curtir os posts
  • Adicionar pessoas às Listas do Twitter
  • @menções

Você basicamente precisa mudar de posts em redes sociais unilaterais para bilaterais. A diferença é que os posts bilaterais incentivam as conversas e a comunicação. Posts unilaterais deixam pouco espaço para respostas ou nada além de um “ótimo” ou outro tipo de resposta genérica.

Se você está compartilhando um link, peça o feedback e a opinião das pessoas, ou marque alguém para que responda. Pense que os posts nas redes sociais são parte de uma conversa.

social media conversations

12. Observe a concorrência

Algum de seus concorrentes está se dando muito bem nas redes sociais? Parece que todos os tuítes da concorrência são retuitados e os posts no Instagram têm centenas de curtidas, enquanto os seus ficam completamente abandonados? Se isso estiver acontecendo, observe o que eles estão fazendo que você não está.

Observe:

  • O conteúdo que publicam
  • Quem seguem
  • Quem os segue
  • Com qual frequência publicam
  • Que horas do dia publicam
  • Que tipo de títulos usam nos posts
  • Quais são os posts mais populares

Assim, você terá uma ideia do que está funcionando para os concorrentes e por que estão tendo sucesso nas redes sociais. Uma vez entendida as estratégias da concorrência, você pode introduzir alguma delas em seu próprio planejamento. Ao mesmo tempo, não copie completamente.

Por exemplo, se você perceber que postam muitas imagens, comece a criar imagens próprias. Tente publicar mais ou menos na mesma hora ou mais frequentemente, baseando-se nas atividades deles.

Isso, porém, não é uma desculpa para copiar totalmente a concorrência. Seus clientes querem algo único, e você deve mostrar que, mesmo adotando ações semelhantes às dos concorrentes, o seu objetivo é encontrar formas de melhorá-las.

13. Dê motivos para que as pessoas lhe sigam

Por que as pessoas deveriam seguir a sua empresa? Você deve fazer essa pergunta a si mesmo.

Pense a partir da perspectiva dos clientes. Eles possuem muitas opções para seguir, por isso, você deve se destacar de alguma forma. Crie um tipo de proposta de valor especificamente para seus canais nas redes sociais. Por exemplo:

  • Você compartilha cenas dos bastidores no Instagram
  • Você compartilha códigos de descontos exclusivos para seus seguidores no Twitter
  • Você faz uma compilação dos melhores conteúdos de seu setor no LinkedIn
  • Você oferece atendimento e suporte ao cliente pelo Twitter
  • Você organiza webinars no Periscope

O valor deve ser exclusivo para o canal. Se você compartilha regularmente os mesmos códigos de desconto por e-mail ou pelo site que publica no Twitter, não há valor agregado. Faça cupons exclusivos para redes sociais. Ou apresente conteúdo exclusivo no Snapchat ou transmissões ao vivo pelo Periscope para criar um senso de urgência.

14. Construa alianças e parcerias estratégicas

A parte mais difícil para criar presença nas redes sociais é conquistar os primeiros seguidores. Vamos encarar os fatos: as pessoas estão muito menos propensas a seguir uma empresa com 13 seguidores e sem interação do que uma com 40.000 seguidores e centenas de respostas e curtidas nos posts.

Mas como fazer as pessoas notarem a sua empresa se nem a marca nem a própria empresa são reconhecidas? Fazer parcerias com uma empresa estabelecida ou figuras de influência que já possuem seguidores ativos. Várias empresas foram muito bem-sucedidas usando esta técnica no Instagram e partindo do zero para centenas de seguidores em questão de dias ou semanas.

Esta estratégia move a filosofia “Conhecer, gostar e confiar”. A empresa da qual você se aproxima tem um público fiel que a conhece, dela gosta e nela confia. Receber uma recomendação permite que os seguidores saibam que a empresa o recomenda. Dessa maneira, ficam sabendo que a sua marca também é digna de reconhecimento e confiança.

Há diversas maneiras de começar a usar essa técnica. A forma mais fácil é através das recomendações pagas. Há vários sites que conectam páginas com um grande número de seguidores a empresas que procuram ser recomendadas ao público. Porém, é preciso ser cuidadoso e pesquisar antes de usar esses serviços. Além disso, não se deve nunca comprar falsos seguidores.

Instagram Shoutout

Outra forma de conseguir que marcas de confiança do público promovam sua empresa é construindo relacionamentos com figuras de influência, deixando que a oportunidade apareça organicamente.

Pode começar com um e-mail para uma marca de alto nível dizendo que você gosta da empresa e do conteúdo que criam. Em seguida, compartilhe seu conteúdo e mantenha contato. Quando a oportunidade aparecer, crie algum tipo de conteúdo ou evento de promoção cruzada, como brindes, que permita alcançar a audiência da marca, também agregando valor a ela.

15. Use palavras-chave nos posts

Não subestime o poder e a eficácia da pesquisa social. Sites como Facebook, Twitter e Pinterest e outras redes sociais têm recursos de busca que funcionam exatamente como ferramentas de busca.

Quando alguém pesquisa determinadas palavras-chave ou frases como #SMM, os bots do site rastream todo o seu conteúdo, incluindo seus posts e perfil para exibir as informações mais relevantes. Incluir palavras-chave e frases em seus posts nas redes sociais e perfil torna a sua empresa mais pesquisável.

A otimização de redes sociais está se tornando mais avançada e precisa porque esses sites e aplicativos têm muito conteúdo que precisa ser categorizado. Adquira o hábito de usar hashtags comuns, mesmo no Facebook, e palavras-chave em seus posts nas redes sociais para que você tenha uma chance melhor de ser encontrado por pessoas que pesquisem assuntos relacionados com o seu setor.

16. Incorpore Hashtags

As hashtags são facilmente uma das melhores formas de expandir seu alcance em redes sociais organicamente. Como mencionamos anteriormente, com o passar do tempo, o alcance orgânico caiu drasticamente no Facebook e Twitter, e o Instagram é o próximo da fila. Para expandir seu alcance e receber mais impressões para seus posts e tuítes, comece a incorporar hashtags.

Inserir hashtags aleatórias também não vai ser tão eficaz como tomar um alcance estratégico. Pesquise hashtags populares em seu setor, bem como outras mais genéricas e comumente usadas. Essas são as hashtags que as pessoas usam ativamente para pesquisar no Twitter ou Instagram. Ao adicioná-las a seus tuítes e posts no Instagram, seu conteúdo tem mais chances de aparecer nos resultados de pesquisa.

trending hashtags on instagram

Monitore a analítica de suas hashtags para acompanhar que hashtags estão gerando o maior engajamento.

17. Explore novas redes

Quem disse que as marcas têm que se restringir ao Facebook, Twitter e Instagram? Essas redes vão lhe proporcionar um alcance maior, mas não significa que você deveria negligenciar redes menores ou especializadas.

Por exemplo, Medium é uma rede popular na publicação de conteúdo em formato longo. É perfeita para ganhar liderança e compartilhar o conhecimento do seu setor. Não é tão popular quanto o Facebook e o Twitter, mas possui um público grande o suficiente e vale a pena ser explorada.

Mantenha os olhos abertos para redes sociais emergentes. O Snapchat está aí há anos, mas só recentemente começou a decolar para os profissionais de marketing. Ser um dos primeiros a identificar essas plataformas de redes sociais como o Snapchat deixa você um passo à frente da concorrência uma vez que se tornam mais convencionais.

Veja esse artigo para dicas sobre como encontrar e usar novas plataformas de redes sociais.

18. Não tenha medo de vender

Praticamente todas as listas on-line com dicas de marketing em redes sociais avisam sobre ser muito promocional. É verdade que esfregar mensagens promocionais constantemente na cara de seu público não é uma estratégia eficaz. Porém, você corre o risco de ser conservador demais em seus posts.

Tuitar um link para seus produtos esporadicamente ou promover algo que será lucrativo para sua empresa não é ruim. A razão pela qual se desencoraja esse tipo de post é porque algumas empresas passam do limite, a ponto de se tornarem spam.

Mantenha a maior parte do seu conteúdo em redes sociais não promocional. Se fizer dez tuítes por dia, seis ou sete devem ser totalmente não promocionais. É o equilíbrio ideal e não afasta a maioria dos seus seguidores.

19. Direcione seus posts

Seus seguidores não são iguais. Mesmo que seu negócio atraia uma determinada demografia, seu público consistem em pessoas que gostam da sua marca por diferentes razões.

Por exemplo, considere a Microsoft. Seus clientes e seguidores nas redes sociais podem variar de gamers a donos de pequenas empresas. Esses dois públicos não serão atraídos pelo mesmo conteúdo.

Para satisfazer esses diferentes segmentos, a Microsoft precisa compartilhar conteúdo específico para cada demografia.

O Sprout Social possui um recurso de direcionamento de redes sociais que lhe dá a flexibilidade sobre quem vê seus posts nas redes sociais, Dependendo da rede, você pode direcionar seus posts por localização, idioma, demografia e outros critérios.

social media audience targeting

Digamos que você queira compartilhar um post no LinkedIn segmentado para o setor financeiro. Seus seguidores da área de TI ou saúde não o acham relevante. Ao invés de preencher seus fluxos com conteúdo irrelevante, você pode exibir esse post apenas para aqueles de sua rede no setor financeiro.

linkedin audience targeting

Você pode experimentar o recurso de direcionamento do Sprout com um teste gratuito.

20. Utilize competições para gerar surtos de crescimento

O número de seguidores não deve ser o KPI mais importante porque não demonstra verdadeiramente seu desempenho. Ter mais de mil seguidores engajados é melhor do que cinco mil bots seguindo você.

Assim sendo, a prova social é real. Quando você procura por um novo restaurante, você fica mais propenso a ir em um com 100 avaliações cinco estrelas ou com algumas poucas de quatro estrelas? A mesma coisa se aplica às redes sociais.

Quando os usuários veem que uma conta tem muitos seguidores, eles acreditam que ela seja mais credível e confiável. O pensamento por trás disso é que se você tiver 10.000 seguidores, você deve ser tudo isso o que eles estão falando.

Uma boa maneira de ganhar alguns seguidores quando você começa do zero é fazer uma competição. As competições no Twitter e Instagram encorajam os usuários a se engajar com você e a promover a sua marca. Há diferentes tipos de competição, mas o mais importante de se ter em mente é que seja específica da marca.

Brindes genéricos, como um vale compras na Amazon, irão atrair muitas pessoas que adoram coisas grátis, mas que não têm valor a longo prazo. Dê brinde que estejam relacionados com a sua marca. Aqui você encontra mais dicas para fazer um concurso no Instagram bem-sucedido.

21. Envolva toda sua equipe

A maioria das dicas de marketing em redes sociais que compartilhamos até agora são para serem feitas pela pessoa ou equipe responsável pelo marketing. Mas as redes sociais não precisam ficar apenas nos ombros da equipe de marketing.

Se sua empresa possui colaboradores ou diversos departamentos, incentive-os a ajudar nos esforços de marketing em redes sociais. Seja contribuir com conteúdo para o blog, seguir os perfis sociais da empresa, entre outras ações, quanto mais envolvida estiver sua equipe, melhor.

Uma ótima ferramenta para ajudar seus colaboradores a se envolver com a estratégia de marketing em redes sociais de sua empresa é a Bambu. Essa ferramenta é uma plataforma de apoio a colaboradores que facilita o compartilhamento de conteúdo selecionado nas plataformas de redes sociais pelos membros da equipe.

bambu advocacy report

Este é um exemplo de como usar a Bambu para melhorar sua estratégia de redes sociais.

Quando sua empresa publica um novo post, o qual você deseja promover, você pode adicioná-lo à lista de selecionados, de onde os funcionários podem compartilhar em suas próprias redes sociais como Facebook, Twitter ou LinkedIn.

Use essas dicas

Com essas 21 dicas de marketing em redes sociais, você está no caminho certo para criar um público engajado e estabelecer a presença de sua marca em todas as suas redes sociais. Essas táticas funcionaram para algumas das maiores marcas do mundo e pode funcionar para você também.

Você tem dicas de marketing em redes sociais que gostaria de compartilhar? Conte para a gente nos comentários.